quinta-feira, 25 de novembro de 2010

O mesmo espaço, sentimentos diferentes!

Tenho necessidade de escrever… desabafar tudo o que aqui mora.

Pensei muitas vezes se devia ou não dividi-lo com o meu blog.

Parei, observei, escrevi uma linha desta folha e voltei a duvidar de mim... se o deveria fazer. Então respirei fundo, irritei-me com os barulhos existentes ao meu redor, tirei os phones da mala e decidir dividir uma música qualquer com o meu “eu”… Esqueci o resto do mundo, o barulho envolto de uma sociedade que aprendeu a falar mais do que a escutar. Não pedi energia, não pedia nada de mais a não ser um dose de inspiração, seja ela para escrever ou para os trabalhos que tenho que fazer agora, há que preencher as linhas com conteúdos apropriados, com nexo e claro, gramaticalmente correctos. Deixei o vazio de lado, tentei combater a minha tristeza e ao que parece vai ficando para trás.

Estou a tentar aproveitar os meus dias, sejam estes frios e cinzentos… aqui estou com um sorriso na cara! Pergunto-me, será que foi desta que aprendi a dar valor a mim mesma? Será agora que vou deixar de o mundo avance sem pensar demasiadamente nele?

Não espero milagres, nem grandes mudanças… Sou o que sou! Quem gosta sabe que pode contar comigo, quem não gosta eu não vou mudar a minha maneira de ser, paciência.

Quanto ao meu passado acho que aprendi a passar por ele sem me magoar todos os dias. Não, nem todos os momentos são de sorrisos, mas há que aproveita-los… ainda choro não por ele, mas sim pelas feridas que não saram, pelo mal que me trouxe próximo. Sou mais forte? Aguentei coisas que nunca pensei ser capaz.

Boa tarde,
Obrigado por me lerem!
Fiquem bem

p.s- Aqui fica um Liliana renovada e espero que assim se mantenha. ;) 

2 comentários:

Rosana disse...

Olá Liliana.
Lí o seu relato e, creio que essa é a vida.. "momentos" de alegrias e feridas que ñ cicatrizam jamais. Mas... essa é a vida e temos que enfrentar com bom senso o que nos está reservado.
Um beijo e boa tarde pra vc tb.
Fica com Deus.

Somniator disse...

Olá!
Primeiramente, obrigado por seu comentário em meu blog.

Constato que de fato, suas palavras, assim como as minhas refletem nossos mundos. Nossa necessidade de desabafar. Cada um a sua maneira, as usamos como válvula de escape.

E se você está melhor hoje, lute para se manter assim o máximo possivel!

P.S
Você não é intrusa. Seja muito bem vinda cada vez que quiser ler alguns "desabafos escritos", certo?!

"Obrigado por dividir" (faço uso de sua expressão tanto pq gostei muito, quanto pq é a que melhor se encaixa aqui)

Grande abraço, Liliana!