segunda-feira, 7 de abril de 2008


A noite dispersa-se entre cores
Diante do olhar intenso da lua
Magnífica lua que me fazes sonhar
Equilibrando, em meu mundo, os devaneios.

Hoje, o mundo sorri ao ver os olhos de uma criança
Ambos repartimos sonhos
Ambos brincamos…

Peço-te
Olha,
Observa a beleza de um sonho
Sorri, sorri para o mundo
Para a beleza do meu sono.

Sabes…
Tenho em mim todos os sonhos do mundo
Sonhos que tu viras de pernas para o ar,
Sonhos que tu sobrepões,
Dando-lhes mil e uma voltas
Cedendo-lhes cores e formas.

Peço-te,
Dá-me sonhos teus para eu brincar
Para eu aconchegar bem perto de mim,
Em meu leito
Em meu mundo.
Prometo protegê-los,
Prometo adormecê-los
E voltar a brincar com eles naquela roda-viva
Onde já foste cúmplice

Prometo ainda que juntos iremos realizá-los
Prometo...

LiLiAnA

importante: este poema escrevi para a escola,isto é, para a disciplina de Português. Por isso os versos que "tem" a itálico são frases dos heterónimos de Fernando Pessoa, ou seja, Caeiro e Campos.
A imagem não sei a que pertence mas adorei-a =)

7 comentários:

nile santos disse...

Oi amiga.Muito bonita a poesia,e a foto também adorei.bjitos.nile.

Isabel disse...

Mt lindo, adorei!!!
Beijokinhas
Isabel

Missy disse...

olá Liliana, obrigada pela tua incursão no meu blog e pelo comentário.
Devo dizer que adorei os teus textos, são profundos e sente-se uma grande paixão, sabes escrever coisas lindas,
sem dúvida que voltarei.
bjka

sweetie disse...

Olá querida, adorei os teus poemas!! Continua que tens muito jeito.
Beijos
Mafalda

Joice Moraes disse...

oi Amiga, passei para deixar-te um beijo, seu cantinho está cada vez mais lindo!!!
Parabens!!!

Um lindo dia pra vc!!!

claudia disse...

Linda a poesia!

Paula disse...

O meu muito obrigada, pela poesia e pelas música lindas. Amei.
Uma beijoka :)